Os Momentos mais Hipnotizantes de #Robert De Niro’s Amazing Performances

os-melhores-filmes-de-robert-de-niro

Considerado pela crítica um dos melhores atores desde Marlon Brando, Robert De Niro tem no currículo filmes que já fazem parte da história do cinema. Com certeza um dos atores mais ocupados da indústria, é também um dos mais premiados e cuja dedicação à profissão é reconhecida mundialmente.

Hoje, esse monstro da atuação completa 71 anos. E é claro que ele escorregou na escolha de alguns papéis recentes. Mas que ator nunca errou? Para homenagear esse artista que protagoniza alguns de nossos filmes preferidos, vamos relembrar os momentos que Robert De Niro nos hipnotizou com os melhores personagens.

O encontro de dois Vito Corleones

Enquanto Marlon Brando protagonizou “O Poderoso Chefão” (1972), fazendo o papel do grande mafioso Vito Corleone, Robert De Niro nos mostrou uma versão jovem do personagem em “O Poderoso Chefão II” (1974). E o que acontece quando as duas lendas vivas se encontram?

No filme “A Cartada Final” (2001) Robert De Niro compartilha a tela com Marlon Brando, união que dá vida a brilhantes momentos de improviso, como o mostrado acima.

Quando ele foi paciente do Robin Williams

Em “Tempo de Despertar” (1990), De Niro é Leonard Lowe, paciente em um hospital psiquiátrico, que fica em estado catatônico por quase uma década, até que recebe um tratamento experimental do médico Malcolm Sayer (Robin Williams) e começa a “acordar para a vida”.

A história é triste pelo fato de que o personagem mostra que devemos valorizar a vida ao máximo e aos poucos acaba voltando ao estado catatônico. Ver a cena em que ele tenta controlar a própria doença para dançar com a mulher que ama é emocionante. Um show de atuação.

O lado bom da atuação

Robert De Niro quase roubou a cena de Bradley Cooper e Jennifer Lawrence em “O Lado Bom da Vida” (2012). E o motivo para isso foi a cena que improvisou ao lado do personagem de Bradley, que sofre de transtorno bipolar. Infelizmente, não encontramos a cena da “conversa entre pai e filho”, mas outra cena incrível com Robert De Niro nesse mesmo assunto é esta:

O filho do diretor do filme sofre da mesma doença e De Niro chegou a se emocionar em entrevistas ao falar sobre isso.

O psicopata mais assustador

Quem viu o “Cabo do Medo” (1991) sabe muito bem que Robert De Niro pode ser assustador. Na pele de um condenado que vai atrás do seu advogado de defesa depois que sai da prisão, o ator consegue ser aterrorizantemente soberbo.

Esse foi um dos muitos filmes dirigidos por Martin Scorsese e no qual o ator sofreu transformações incríveis, como malhar e ficar com apenas 4% de gordura, gastar 20 mil dólares para estragar os próprios dentes e viajar para o sul dos EUA para estudar o sotaque do personagem.

O chefe de todos os mafiosos

Em “O Poderoso Chefão II” (1974), De Niro nos mostra um Vito Corleone mais jovem que pavimenta o caminho para se tornar o chefe da máfia. Com o seu trabalho hipnotizante conseguiu ganhar um Oscar.

Assassinato e atuação a sangue frio.

O legado na máfia

Robert De Niro nos surpreendeu ao interpretar outro mafioso poderoso, mas dessa vez mais carismático, em “Os Bons Companheiros” (1990). E nos ensinou duas valiosas lições: “nunca denuncie os seus amigos” e “ sempre mantenha a boca fechada”.

Já no filme “Cassino” (1995) o gangster nos leva para o submundo de Las Vegas e apresenta outra pérola de sabedoria: “Existem três maneiras de fazer as coisas por aqui, o jeito errado, o jeito certo e o meu jeito”.

O mestre do ringue

O clássico “Touro Indomável” (1980) mostra a trajetória de um boxeador que tem o temperamento violento e consegue sucesso nos ringues, mas o mesmo não pode ser dito da sua vida pessoal.

As explosões de raiva do personagem garantiram a De Niro um Oscar e, a nós, uma atuação inesquecível.

Tá falando comigo?

O veterano da Guerra do Vietnã e mentalmente instável Travis Bickle é um taxista que trabalha à noite nas ruas de Nova York. O cenário decadente e violento acaba alimentando os próprios delírios e o desejo por sangue, mas também o leva a tentar salvar a vida de uma jovem prostituta. Claro, “Taxi Driver” (1976) tem tudo isso e não podemos nos esquecer daquele diálogo improvisado pelo ator:

 

O que vocês acharam da nossa lista de momentos hipnotizantes de Robert De Niro? O ator tem muito mais filmes na carreira, então compartilha com a gente qual merece estar aqui.

 

via Deixa que eu manjo

Advertisements

2 thoughts on “Os Momentos mais Hipnotizantes de #Robert De Niro’s Amazing Performances

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s